Postado em 7 de janeiro de 2015

SAN FRANCISCO – O CLIENTE DO CABARÉ

O Cliente do Cabaré
Musical San Francisco

Hoje eu não quero ir pro quarto
Peça um bom Whisky pra nós dois
Hoje eu quero só bater um papo
Se você permitir falar de nós

Faz tempo que eu frequento esta casa
E venho olhando o seu jeito de ser
Você é tão diferente das outras
Sei que só vende o corpo pra sobreviver

Te faço uma proposta, aceite por favor
Não quero mais te ver vendendo amor

Eu vou tirar você do cabaré
Pra ser o meu amor
Pra ser minha mulher

Pagar por seu amor assim não faz sentido
De cliente eu quero ser o seu marido

 

Comentários

PUBLICIDADE