Postado em 30 de junho de 2014

Sicredi apresenta Plano Safra 2014/2015

DSC_5980Com o início do ciclo 2014/2015 a Sicredi Botucaraí RS realizou, na noite de sexta (27/06) o lançamento do seu Plano Safra, encontro realizado todos os anos, quando são reunidos Engenheiros Agrônomos e Técnicos, líderes de Sindicatos Rurais e dos Trabalhadores Rurais, representantes de EMATER, Escritórios de Assistência Técnica, cooperativas de produção, Secretários Municipais de Agricultura e colaboradores do Sicredi.

Para o Sicredi este é o momento que marca o fortalecimento do relacionamento que a instituição cooperativa financeira tem com a comunidade, aliada aos profissionais responsáveis por elaborarem os planos das propriedades para os agricultores, que tem papel importante no progresso de nossa região.

Apresentando as observações que deverão ser analisadas no momento da elaboração dos projetos para os agricultores o Gerente Regional de Desenvolvimento do Sicredi, Eudes Mesacasa, disse que as maiores demandas estão com base nas linhas de BNDES, anunciando também a tabela VBC (Valores Básicos de Custeio) da cooperativa de crédito. “Realizamos pesquisa com profissionais da área e fizemos uma média para servir como valor de referência que o Sicredi irá trabalhar. Todos os projetos serão aceitos”, disse Mesacasa, citando os valores que foram corrigidos e mantidos. “Os recursos já estão disponíveis”, anunciou o Gerente Regional de Desenvolvimento.

O presidente da Sicredi Botucaraí RS, Antonio Mario Cherini, disse que, “para o Sicredi, instituição financeira cooperativa, a melhor parceria de verdade é oferecer recursos que cooperam sempre com o associado”. Falando dos benefícios para a região o Superintendente Regional, Carlos Rogério Matuella falou que, “com a parceria e a força do cooperativismo, acreditamos que o produtor chega sempre mais longe”.

Como destaque da noite a Sicredi Botucaraí RS trouxe para o encontro o Consultor em AgriBusiness, Carlos Cogo, que realiza palestras, cursos e treinamentos sobre mercados agrícolas no Brasil e, naquela noite, falou sobre as Tendências do Agronegócio brasileiro e mundial em 2014/2015. “O potencial de nossa economia crescer é muito grande”, afirmou Cogo, destacando o consumo de carne suína como sendo a principal entre os brasileiro, mas com grande crescimento de carne de frango. “Cada brasileiro come 96 kg de carne por ano. Somente no Rio Grande do Sul o gaúcho tem como média 155 kg de carne por ano”, divulgou, abordando ainda temas sobre exportação maiores produtores mundiais, grãos, tendências de clima, áreas de cultivo.

Comentários

PUBLICIDADE