Postado em 11 de Abril de 2018

Coagrisol já recebeu mais de 3,7 milhões de sacas de soja

A colheita de soja segue em ritmo acelerado na região de atuação da Coagrisol. Até o final da primeira semana do mês de abril, a Cooperativa contabilizou que cerca de cerca de 46 % da área prevista já havia sido colhida.

Este percentual, representou mais de 3,7 milhões de sacas de soja, que já foram armazenadas nas unidades de recebimento da Coagrisol, as quais estão com ritmo constante e avançado de trabalho. Ainda neste contexto, levantamentos feitos pela área técnica da Cooperativa, apontam que a média por hectare está na casa das 61 sacas, com perspectiva de aumento.

De acordo com a direção da Coagrisol, a expectativa é que de que ao final da colheita, sejam recebidas cerca de 8 milhões de sacas. Para que isso se concretize, um intenso trabalho, que envolveu investimentos superiores a R$ 10 milhões, foi feito para melhorias estruturais nas 37 unidades de recebimento. Estas benfeitorias iniciaram ainda no ano passado, visando garantir que as unidades estivessem prontas com os reparos necessários desde o início da safra.

 

PORQUE DEPOSITAR A SAFRA NA COAGRISOL:

Neste momento onde o produtor faz sua colheita, a Coagrisol lembra que os benefícios de depositar seus grãos na Cooperativa são variados, sendo um dos principais, a credibilidade ao produtor de manter seus grãos nos armazéns da empresa, que há 48 anos atuando no mercado consolidou uma marca de confiança, seriedade, transparência e respeito.

Igualmente, destaca-se que a Coagrisol busca estar lado a lado com o homem do campo não somente na safra, mas sim de forma permanente, através do acompanhamento técnico, onde as equipes estão diretamente no campo, indicando novos métodos e tecnologias para o incremento da produtividade e levando informações instantâneas aos produtores.

Além disso, a Cooperativa desenvolve ofertas especiais de insumos, programas de bonificação, e premiações. Também há a participação nos resultados, ou seja, quanto mais o associado trabalha com a cooperativa, mais retorno ele tem.

Fonte: Depto Imprensa Coagrisol – Fernando Martins

Comentários

PUBLICIDADE